ORAÇÃO DE INTERCESSÃO

Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, nós vos agradecemos a vida de Madre Leônia. Nós vos louvamos pela sua disponibilidade em cumprir a vossa vontade, seguindo Jesus Missionário e Redentor. Nós vos bendizemos pelo seu amor dedicado à Igreja, anunciando o Evangelho e servindo os irmãos e irmãs principalmente os mais pobres.

Suplicamo-vos ó Pai, a graça de amar e servir os pobres e a missão evangelizadora da Igreja. Que a Eucaristia e o Imaculado Coração de Maria nos ajudem a sermos fiéis ao vosso projeto divino, vivendo o ideal de amor e santidade a que somos chamados pelo batismo.

Concedei-nos, ó Pai misericordioso a glorificação de Madre Leônia, aqui na terra, para o incentivo nosso e de toda Santa Igreja. Por intercessão dela, vos pedimos a graça... (cada um pense, em silêncio na graçca que mais deseja receber de Deus). Por Cristo Nosso Senhor. Amém.


Imprimatur: +Dom Albano Cavallin


Londrina, 2 de fevereiro de 1998


Comunicar as graças alcançadas por intercessão de Madre Leônia Milito ao email tereclar@sercomtel.com.br

Arigatou Gozaimasu

Arigatou Gozaimasu
O blog recordar é viver agradece sua visita...

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Nossa Senhora Aparecida 300 anos



A imagem encontrada em 1717 no Rio Paraíba por três simples pescadores Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso, completa hoje 300 anos. Imagem pequenina, com uma força incrível. Imagem encontrada separada corpo e cabeça. O que queria Deus com aquele achado inusitado?

 Assim como no Evangelho os pescadores lançam as redes de pesca e o peixe não vem, insistentemente pedem a intercessão de Nossa Senhora e confiando em Deus lançam a rede e eis que vem o corpo de uma pequena imagem, mais uma vez lançam a rede no rio e agora vem a cabeça e os peixes começam saltar em volta do barco, outra tentativa e desta vez a rede vem tão cheia de peixes que tiveram que retornar ao porto, pois o barco ameaçava virar com o peso dos peixes. Esta foi a primeira intercessão atribuída a Nossa Senhora Aparecida.

 Aparecida apareceu para homens simples, mas que acreditaram e insistiram na pesca. Por quinze anos a pequena imagem de 36 centímetros permaneceu na casa do pescador Filipe Pedroso, onde as pessoas da região reuniam-se para rezar e assim a devoção a Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi crescendo. 

A imagem certamente ficou por anos no fundo do rio. Originalmente sua cor era clara, mas a ação do tempo imersa nas águas e também a fumaça do fogão de lenha da casa onde ela passou anos e o fumegar das velas que os devotos a ela acendiam foi deixando ela cada vez mais escura, com a cor da nossa gente brasileira.

 Hoje nossa Mãe Aparecida é a Padroeira do Brasil, essa simples e pequena imagem arrasta multidões até o Santuário de Aparecida, multidões de devotos de todo país e até de outros lugares mundo afora, visitam o Santuário Nacional de Aparecida. 

Algo tão inesperado, a aparição de uma imagem no século XVIII torna-se tão grandiosa e leva multidões a visita-la.

 Imagens para muitos é idolatria, mas para mim imagens são apenas sinais da presença de Deus. Não idolatro a imagem, mas sei e acredito que ela é um Sacramento, algo Sagrado que me ajuda a chegar mais perto do Santo dos Santos que é Deus, o mais Sublime e o mais Sagrado. Acima de Deus não há nada Ele é o Todo Poderoso, Onipresente e Onisciente, mas Ele nos coloca sinais não para idolatria mas como apontamento. 

Deus quis que seu Filho Jesus nascesse de uma mulher, quis que seu Filho Jesus estivesse no meio de nós se se fizesse um de nós. Deus quis estar conosco e quis nascer de uma mulher, Deus nos deu Maria por Mãe e quando pedimos algo a uma Mãe ela intercede por nós. 

Com minha mãe aprendi amar Nossa Senhora, a Mãe de Deus e minha mãe, Ela me cativou e me adotou como filha. Nossa Senhora de tantos nomes, de tantas faces, de tantas cores, de tantas raças, é a mesma Mãe de Jesus. Ter Mãe é uma dádiva maravilhosa! Tenho Mãe, tenho mães... 

Nossa Senhora Aparecida, Mãe amada e querida por tantos, roga por nós povo brasileiro, intercede por nós junto a Deus, junto a seu Filho Jesus, para que o Espírito Santo com seu fogo abrasador ilumine a nação brasileira. Que por muitos e muitos séculos perdure a devoção a Nossa Senhora. 

Cubra-nos com Seu Manto Materno. Amém 

Tryssia, 12 de outubro de 2017 Festa dos 300 anos de Aparecida




quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Viagem a USA



Viagem para USA 

Um sonho realizado, viajar para USA, ir na Disney e conhecer o famoso Castelo da Cinderela, ver o Mickey, Minnie e seus amigos... Dezesseis pessoas, um grupo, o mesmo sonho... Como valorizamos nosso País quando estamos em terras estrangeiras, nos damos conta de que amamos nossa terra, nossa gente, nosso idioma, nossos costumes... 

Nem tudo são flores em terra alheia, pois esbarramos em alguém em ao invés de dizermos Sorry (Desculpa), dizemos Thank you (Obrigado), alguém pergunta Where are you from? (De onde você é?), e sem pestanejar a gente responde My Family (Minha família).

Olhamos um lugar maravilhoso que vende sabonetes lindos e perfumados e ficamos felizes, pois podemos trazer um sabonete top de Mickey como lembrança para as pessoas, olhamos o preço na plaqueta e não entendemos que OZ é uma medida que não conhecemos e achamos legal o preço e enchemos uma cesta para trazer, e ao chegar no caixa, putz, o preço é o que está atrás do sabonete, muitas vezes mais caro do que vimos na plaqueta, então devolvemos tudo e para não ficar muito feio trazemos apenas 4 sabonetes. 

Andar por onde não sabemos é difícil, e mesmo na era do GPS a gente acaba se perdendo pelos caminhos, então paramos para pedir informação e a pessoa responde que não pode ajudar porque também tem problemas e está com problemas. Então o jeito é seguir e buscar o caminho certo.

Viagem em grupo é lindo mas tem seus desafios, e algumas coisas dá muita “Reiva” (raiva), Risos...

Assim é visitar um lugar desconhecido, aprendemos muito com o outro, com a outra cultura, com o outro idioma, com a outra medida, outra forma de contar a quilometragem, enfim tudo nos faz sair de nossa zona de conforto e começar prestar atenção em coisas que em nosso aconchego muitas vezes nem nos damos conta.

Tryssia, 25 de setembro de 2017


domingo, 20 de agosto de 2017

Vô Oliviero 99 anos de seu nascimento


Neste 20 de agosto de 2017 esse homem pequeno em estatura mas gigante em caráter, meu querido e amado avô materno Oliviero Paulino estaria completando 99 anos. Hoje declaro aberta a celebração de seu centenário de nascimento, assim como festejamos grandes celebridades meu avô que era alegre e amante de festas e festejos, ah como amava festejar! É merecedor de fazermos memória dele.

Tryssia

quinta-feira, 6 de julho de 2017

10 ANOS SEM VOCÊ



Mãe você foi um reflexo de Deus aqui na terra, obrigada por dar-me a vida e por doá-la com gratuidade. 

 10 ANOS SEM VOCÊ 

 Mãe neste 06 de julho de 2017 fazem 10 anos que fiquei sem você. Fiquei sem sua presença física Fiquei sem seu abraço Fiquei sem sua voz Fiquei sem seu carinho Fiquei sem seu colo Fiquei sem seu sorriso Fiquei sem seus conselhos Fiquei sem seu cafuné em meus cabelos Fiquei sem suas broncas Fiquei sem você Mãe, quanta saudade nesses 10 anos! E agora convivo com essa saudade e com as lindas lembranças e ensinamentos dos 33 anos que você esteve comigo. Você mãe, como muitas vezes te falei, sempre será meu exemplo de honestidade, amor, doação, fidelidade. No fim de seus dias aqui na terra você foi guerreira, mesmo com dores horríveis você cuidou de mim, e inspirada por Deus em suas últimas palavras fez um pedido para que alguém muito especial não me deixasse sozinha. Você mãe, me confiou a Aparecida que assim como você Antonia Aparecida leva o nome de Nossa Senhora Aparecida, nome dessa Mãe celestial que não nos abandona. Aparecida assim como você hoje é para mim exemplo de doação e fidelidade, exemplo de quem vive o Evangelho, vive o mandamento do amor com radicalidade doando sua própria vida. Obrigada minha mãe Antonia Aparecida por ter me gerado em seu ventre e cuidado de mim com tanto amor e tanta doação. Obrigada minha mãe Aparecida por ter me gerado no coração e por tudo que a seu lado aprendo e cresço a cada dia, sem você, sem seu amor, sem seu apoio não sei o que seria de mim. Obrigada minha Mãe Nossa Senhora Aparecida por sua ternura e amor por nós. Obrigada minhas 3 mães APARECIDA, 3 mulheres fortes e marcantes em minha vida, 3 mulheres de Fé, 3 mulheres doadas e empáticas.

Sua filha que te ama, Tryssia


segunda-feira, 29 de maio de 2017

Centenário de nascimento


Centenário de Nascimento Dulce de Almeida Martins, nossa querida Dona Dulce. Nascida em 1917 no estado da Bahia. Muito à frente de seu tempo decide ir para o Rio de Janeiro estudar na Escola de Enfermagem Anna Nery, lá graduou-se na profissão escolhida. Também no Rio de Janeiro ainda estudante de enfermagem conheceu seu grande amor, um médico com quem casou-se e constituiu sua família. Anos se passaram e Dona Dulce já viúva a alguns anos veio residir em Londrina. Foi então que tivemos o privilégio de conhecer essa pequena mulher em estatura mas mulher gigante e valorosa em caráter e sabedoria. Estar com dona Dulce era como estar em uma biblioteca, onde temos uma infinidade de assuntos para conhecer e ela tinha muito conhecimento, pois gostava de ler, conversar, estar com as pessoas. Amava a vida, amava as pessoas, tinha muita Fé. Celebrar a vida para ela todo 29 de maio era realmente uma festa, onde ela mesma preparava algo para ler em agradecimento por mais um ano de vida, pela família e pelos amigos que ela tanto estimava. O tempo que estivemos por perto dela aprendemos muito. Dona Dulce tinha uma enorme vontade de viver, sabia um dia iria partir, mas tinha muito dó de deixar as pessoas que amava. Viveu 97 anos de muita lucidez, e com a saúde apesar de frágil vivia feliz com as pessoas que a rodeava. Era desejosa de chegar aos cem anos, mas em outubro de 2014 aos 97 anos já bastante fraca no leito de um hospital veio a falecer. Chega 29 de maio de 2017, data em que marca o centenário de nascimento dessa pequena gigante. Não poderia deixar passar em branco uma data tão querida por essa pessoa. Dona Dulce 100 anos de seu nascimento, seus ensinamentos ainda nos rodeiam, de onde estiver olhe por nós. 

 Tryssia e Aparecida

 "Nossos idosos são verdadeiras bibliotecas, quando partem deixam muitas lacunas." 
(Tryssia, 10/2016)



sexta-feira, 14 de abril de 2017

Lar